Agora:

Fato Popular

Compartilhe

Notícias

05/01/2018

Todas as profissões são lícitas?

< Voltar
Todas as profissões são lícitas?

Ser policial, ter um mercado, ou padaria, vender roupas, fazer parte de uma banda. Não há nada de errado com essas profissões, não é? E quando passam a exigir funções que não agradam a Deus? Policial matar, vender bebida alcoólica e cigarro, ou roupas indecentes, tocar na noite, em banda secular, para ganhar dinheiro, isso é lícito?

É fato que Deus deu a todos os homens dons e talentos. Em nós, despertou áreas em que possuímos maior facilidade de aprendizado e que conseguimos nos desenvolver melhor. E a Bíblia enaltece o trabalho do homem, como está escrito em Eclesiastes 3, no versículo 13: “Que todos comam e bebam, e desfrutem dos resultados de todo o seu trabalho árduo. É a dádiva de Deus”. Trabalhar é um presente de Deus!

A Bíblia não é exatamente clara quanto a esse assunto, mas é possível entender a vontade de Deus quando nos deparamos com versículos que são mais abrangentes. Em Provérbios 3:6, está escrito: “Reconhece o senhor em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas”. Enxergar Jesus em tudo o que se faz é uma premissa do cristão. Como vamos conviver com pessoas, ou em locais, onde o pecado impera? E se meu trabalho levar pessoas ao pecado?

Acontece que alguns não pensam dessa forma. Para o reitor de uma renomada faculdade americana “Não há vocações ilícitas”. Para ele, Deus nos dá talentos e tarefas particulares e que ele nunca nos chama para o pecado. Também afirma que, se Deus nos chamou para servir, todas as profissões são válidas, desde que se ame a Deus e às pessoas.

Hoje, o Debate 88 quer saber: todas as profissões são lícitas? Ou a vida com Deus não tem a ver com as práticas profissionais que assumimos? O cristão pode ter profissões que levam outras pessoas ao pecado? No caso de ser uma oferta atraente, financeiramente falando, o cristão pode aceitar, já que Deus quer que seus servos prosperem?